Microblading

Micropigmentação: fique por dentro desta técnica

As sobrancelhas são consideradas a moldura do nosso rosto. Elas são um pequeno detalhe que possui uma grande importância, pois ajudam na harmonia facial, influenciam nas expressões faciais e deixam uma make muito mais poderosa.

Mas o formato deles mudou ao longo dos últimos anos: já foram finas e longas como as da atriz Brigitte Bardot em 1960; grossas, mais retas e volumosas como as da Madonna em 1980; bem feitas e finas como as da atriz Angelina Jolie em 2000. Mas desde 2010, as sobrancelhas não seguem uma tendência específica.

Atualmente, a palavra de ordem é naturalidade. O importante é respeitar o formato e a espessura das sobrancelhas para conseguir uma harmonia perfeita para cada pessoa. O objetivo é realçar o desenho natural e corrigir pequenas falhas.

Por isso, uma técnica de beleza específica para essa região do rosto tem feito muito sucesso entre as mulheres: a micropigmentação.

Você sabe o que é micropigmentação e por que ela se tornou a queridinha das mulheres? Continue a leitura e fique por dentro de todos os detalhes desta técnica!

Micropigmentação

Você talvez já tenha ouvido falar da henna ou da tatuagem definitiva, não é mesmo? A micropigmentação possui o mesmo intuito, que é o de preencher a sobrancelha. Só que ela é uma técnica mais atual e que vai muito além das outras duas citadas.

Diferentemente da henna, a micropigmentação permite desenhar a sobrancelha e corrigir pequenas falhas. Os fios criados pelas diferentes técnicas de micropigmentação seguem o mesmo sentido e cor dos fios originais do cliente, dando ao resultado um ar muito mais natural. Ao contrário da maquiagem definitiva, onde é possível ver que foi realizado um procedimento estético.

Além disso, ao contrário da henna que dura em média 15 dias, a micropigmentação precisa ser refeita após seis a doze meses.

Outra diferença é que a micropigmentação é comumente utilizada na sobrancelha, mas também pode ser usada em outras regiões do rosto corpo como nas aréolas de mulheres que realizaram uma mastectomia, por exemplo, ou em camuflagem de cicatrizes.  Sendo um procedimento que trabalha não só a estética, mas também a autoestima e autoconfiança da mulher.

A micropigmentação é a solução ideal para quem está em busca de algo que lhe ajude a acordar com a sobrancelha perfeitinha, e com um aspecto suave e natural. Esse procedimento pode ser realizado por todos, sendo contraindicado para quem tem diabetes, câncer de pele, alergias tópicas, portadores de marca-passo, grávidas e para quem tem propensão a desenvolver queloides.

Conclusão

Se interessou pela micropigmentação? Então saiba que a escolha um micropigmentador deve ser feita com cuidado. Leve em considerando a formação, experiência e os cuidados com biossegurança.

O micropigmentador deve saber não só a prática, mas a parte teórica. Pessoas não qualificadas, que não tenham obtido a formação correta podem acabar errando na cor escolhida para o procedimento.

Se você procurar e pesquisar bem, conseguirá encontrar bons centros estéticos, com profissionais competentes. Em São Paulo, um pioneiro nessa área é o IBRAPE Instituto.

Você já conhecia essa técnica de preenchimento de sobrancelha? 

Deixe seu comentário